đŸŒč Insubmissas Negras đŸŒč

É com imenso respeito e orgulho Ă quelas que nos antecederam que apresentamos a “Insubmissas Negras”. Evocando nossas ancestrais e parafraseando o discurso da Sojourner Truth proferido em 1851, durante a Convenção dos Direitos das Mulheres de Ohio, em Akron, perguntamos e nĂłs, mulheres negras nas ciĂȘncias, nĂŁo somos tambĂ©m pioneiras?

O que vocĂȘs encontrarĂŁo em “Insubmissas Negras” Ă© fruto das lutas e enfrentamentos das mulheres negras, do passado e do presente, que produzem conhecimento e contribuem para a ciĂȘncia nacional. É, tambĂ©m, o resultado de investigaçÔes que um grupo de pesquisadoras realizou para identificar nossas cientistas negras e desvelar suas histĂłrias.

As “Insubmissas Negras” vieram para mudar a cara de quem faz ciĂȘncia, elas mostram que a intelectualidade negra estĂĄ presente, Ă© crescente e veio para ficar. Que essa edição do “Insubmissas Negras” no Brasil, sirva de inspiração para muitas meninas e jovens que, historicamente, mesmo sendo pioneiras, nĂŁo sĂŁo pensadas como cientistas.

NĂłs, Anna M. Canavarro Benite (Anita Canavarro), BĂĄrbara Carine Soares Pinheiro, Denise Alves Fungaro, Eliza Maria Ferreira Veras da Silva, Enedina Alves Marques, Joana D’Arc FĂ©lix de Souza, Jurema Pinto Werneck, Katemari Diogo Rosa, LĂ©lia Gonzalez, Maria Beatriz Nascimento, Megg Rayara Gomes de Oliveira, Nair da França e AraĂșjo, Nilma Lino Gomes, Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva, Simone Maria de Moraes, SĂŽnia GuimarĂŁes, Sueli Carneiro, VaniclĂ©ia Silva Santos, ZĂ©lia Maria Da Costa Ludwig e tantas outras, somos ancestrais, somos pioneiras, somos o presente e somos o futuro.

Anna M. Canavarro Benite

Instituto de QuĂ­mica/UFG

BĂĄrbara Carine Soares Pinheiro

Instituto de QuĂ­mica/UFBA

Katemari Rosa

Instituto de FĂ­sica/UFBA

https://www.abpnrevista.org.br/index.php/site/issue/view/41

Leia também

Deixe um comentĂĄrio

O seu endereço de e-mail não serå publicado. Campos obrigatórios são marcados com *